A mulher fatal…

Como a própria disse, “a bitch está de volta, e melhor do que nunca”. Britney Spears está de álbum novo este mês e o Mercado Pop foi um dos que ouviu ao CD com exclusividade. Rs. Brincadeirinha. Como todos sabemos, o álbum vazou na internet 17 dias antes do lançamento, para alegria dos fãs e desespero da equipe de Brit, que previa o lançamento para dia 29 de março.

Este é o sétimo álbum de estúdio da srta. Spears, sucessor de “Circus”, de 2008. Nesse meio tempo, a princesa do pop lançou apenas – mais uma – coletânea, responsável por “3”. Cinco anos atrás, seria classificado como “alternativo”, mas “Femme Fatale” é um album bem experimental, mais até que o “In The Zone” (2003) e mais eletrônico que o “Blackout” (2007). Na verdade, é uma evolução, um “Blackout 2.0”. Como o site PopJustice definiu, o DNA do álbum é o dubstep, mas que tornou o trabalho final mais como um popstep/dance. Graves de te deixar arrepiado e umas vibrações metálicas alucinantes resultam num som agressivo que compõe essa, que pode ser considerada a obra-prima da carreira de Britney.

O The Sun ainda apontou que Spears “passou de rainha do pop para rainha do hardcore dance”. Até porque esse álbum não tem baladas, o que ela já não faz há muito tempo, mas tudo bem: o autoconhecimento finalmente fez Britney perceber que a voz dela é boa mesmo para as pistas de dança. A More! Magazine elogia dizendo que “o álbum tem um toque [de dubstep] do começo ao fim, mas  (…) ainda é um clássico pop e coloca muitos dos sons mal feitos que estão por aí hoje em dia no chinelo“.

Bom, dito isso, vamos à crítica faixa-a-faixa.

Para baixar o álbum, ler a crítica faixa-a-faixa, ver mais fotos, e o clipe de “Hold It Against Me”, clique em Continue lendo…”

Continuar lendo

Anúncios

E se eu disser que quero seu corpo agora?

Como já era de se esperar, o novo single de Srta. Spears, “Hold It Against Me”, não aguentou esperar até o lançamento hoje e deu um jeito de vazar ontem, por volta das 9h30 da manhã. Britney, em seu twitter oficial, até deu um jeito que não parecer acidental o vazamento, dizendo que “não aguentava esperar até hoje”. Aham. E a gente acredita. O maior medo dos Britfans era ser só mais uma faixa no estilo Ke$ha ou Lady Gaga, principalmente pela demo que vazou alguns dias antes. A boa notícia é que não é mais do mesmo, é muito mais. Britney entrou pra valer na tal guerra contra Gaga. Rs. Ontem, um dia antes do lançamento, a música já bateu o recorde de maior número de execuções na rádio: foram 705 vezes em um dia! O recorde era de “We Belong Together”, da gigante – literalmente – Mariah Carey (com 498 vezes). Além disso, o blogueiro Perez Hilton confirmou que Britney também se apresentará no Grammy, em fevereiro. E aí? Bota fé?

Pra conseguir descrever tudo o que é o lead single, produzido por Max-máquina-de-hits-Martin, Dr. Luke, Bonnie McKee e Mathieu Jomphe, do sétimo CD de inéditas de Spears – marcado para março -, vou fazer um “fichamento” de várias reviews.

Uma explosão dá início a essa batida frenética super eletropop com influências da música europeia. O refrão lembra um pouco “Shattered Glass”, do álbum “Circus”. Mas, definitivamente, é um chiclete. O instrumental diminui um pouco e logo depois vem com tudo, com uma pegada bem metálica, num tuntz tuntz brilhante. A voz de Britney está com o auto-tune beeeeem mais discreto que nas faixas anteriores. Sem “baby”s, Spears impressiona no peso do instrumental, num dubstep meio psy-trance progressivo que jamais pensaríamos combinar com a voz dela. É difícil ficar parado e não colocar a faixa no repeat. Totalmente diferente da demo, que tinha um instrumental completamente genérico e datado. A versão final tem tudo – e mais um pouco – pra estourar nas pistas de dança.

“[…] é uma música avançada e em sintonia com o clima musical atual no Reino Unido”, disse o The Sun, que também lembrou algo importante: “A letra é cheia de partes sexualmente sugestivas. Mas isso é padrão para uma mulher cujo último single foi sobre sexo a três”. A MTV aposta mais alto: “‘Hold It Against Me’ é destinada a ser a mais pedida em toda festa, bar, baile escolar, Bar Mitzvah por pelo menos seis meses”.

O site Skiddle diz: “E aqui nós temos, Britney Spears nos dando uma grande, gorda, deliciosa fatia de dubstep, embora com os obrigatórios suspiros e gemidos que Britney faz tão bem. […] Num ano anunciado como “Britney x Gaga”, com ambas lançando seus novos CDs, eu diria seguramente 1 x 0 para a Senhorita Spears”. E o The Guardian alfineta: “Agora espere Madonna lançar um álbum influenciado pelo dubstep até o final do ano”.

Pois então… Vamos ouvir a música? E acompanhar com a letrinha e tudo? Rs.

“Hold It Against Me”, Britney Spears

Hey, over there, please forgive me
If I’m coming on too strong
Hate to stare but you’re winning
And they’re playing my favorite song

So come here, a little closer
Wanna whisper in your ear
Make it clear, little question
Wanna know just how you feel

If I said my heart was beating loud
If we could escape the crowd somehow
If I said I want your body now
Would you hold it against me?
Cause you feel like paradise
And I need a vacation tonight
So if I said I want your body now
Would you hold it against me?

Hey, you might think that I’m crazy
But you know I’m just your type
I might be little hazy
But you just cannot deny

There’s a spark in between us
When we’re dancin’ on the floor
I want more, wanna see it
So I’m askin’ you tonight

If I said my heart was beating loud
If we could escape the crowd somehow
If I said I want your body now
Would you hold it against me?
Cause you feel like paradise
And I need a vacation tonight
So if I said I want your body now
Would you hold it against me?

If I said I want your body, would you hold it against me?

Give me something good
Don’t wanna wait, I want it now
Pop it like a hood
And show me how you work it out

Alright
If I said my heart was beating loud
If I said I want your body now
Would you hold it against me?

If I said my heart was beating loud
If we could escape the crowd somehow
If I said I want your body now
Would you hold it against me?
Cause you feel like paradise
And I need a vacation tonight
So if I said I want your body now
Would you hold it against me?