Uma década de hits?

Esse é o nome um tanto quanto questionável da nova (nem tão nova assim) coletânea de Christina Aguilera que, em 2008, escolheu esse tipo de álbum graças ao nascimento de seu primeiro filho Max. Além disso, Xtina – como já gostou muito de ser chamada – completa esse ano, 10 anos de carreira.

Assim foi lançada há pouco tempo a coletânea Keeps Gettin’ Better – A Decade Of Hits. Com a maioria dos singles lançados por Christina e 4 músicas inéditas. Aliás, na verdade, são apenas duas inéditas, já que as outras duas, são musicas antigas com uma nova roupagem. As antigas têm up em alguns elementos e instrumentos e algumas aparecem em versões que não estavam nos CDs.

Falando em roupagem, pouparei os comentários acerca do novo look da Lady Gaga, digo, Christina Aguilera.

Começando pelo clássico Genie In The Bottle e indo até o último single de seu último álbum, Hurt, e passando por músicas de sucesso duvidoso, como Nobody Wants To Be Lonely – um dueto com Ricky Martin, Miss Baby Jane dá um ar de túnel do tempo ao álbum, que traz as faixas em ordem cronológica, terminando com as inéditas.

Mas como todos já conhecem as faixas antigas, a review vai ser resumir às quatro inéditas – aliás, às três, porque a de Keeps Gettin’ Better, já foi publicada aqui. Christina tentou dar um ‘quê’ futurista às musicas mais novas, mas nem em todas o resultado foi bom. Na verdade, em três das quatro, o resultado foi até agradável.

Comecemos por Genie 2.0, que trata-se da versão 2008 do hit Genie In The Bottle, do primeiro CD de Christina. É uma versão até que bem sucedida. O instrumental bem eletrônico realmente dá o tom futurista da música. Em compensação a constância nos tons, pode deixar os mais impacientes irritados. Por outro lado, a ausência dos gritos de Aguilera já contam um ponto muito importante.

Dynamite é a melhor das inéditas. É uma música que você facilmente encaixaria em filmes hollywoodianos de ação do estilo As Panteras. Os efeitos na voz – que sempre foram tão criticados quando usados por Britney Spears (eu sempre dou um jeito de colocar ela no meio, né?) – dão um toque especial. Novamente, a ausência dos gritos de Lady Gaga – desculpa, não consigo me conter – agrada.

You Are What You Are é a pior de todas. É o clássico Beautiful repaginado. Mas ficou simplesmente um cocô. Desculpem aí, fãs. Eu também sou fã de Aguilera, mas essa música é difícil de suportar. Essa tem o tom futurista com uma tentativa frustrada de deixá-la lenta. Christina, que aparentava estar com sono na ocasião da gravação da música, irrita. A única vez que dá pra ouvir a música completa, é a primeira.

Para baixar o CD, clique em Leia Mais…

download

CD: “Keeps Gettin’ Better – A Decade Of Hits”
Christina Aguilera

Anúncios

2 pensamentos sobre “Uma década de hits?

  1. Pingback: A Fama… « Mercado Pop

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s