O circo está chegando…

Sim, eu sei que esse já é o terceiro post sobre a Britney Spears só na primeira página do blog, mas o que eu posso fazer se ela tem sempre coisa nova rolando por aí?

O lançamento é só no dia 02 de dezembro, mas no último domingo, dia 16, começou a vazar o sexto álbum de inéditas de Spears, intitulado Circus. Um CD muito bom. É difícil dizer se supera seu último trabalho Blackout, mas é muito bom. São 13 faixas, mais 6 bônus de diversos países.

Em Circus, Britney voltou a trabalhar com Danja – que também assinou a produção do Blackout -, Max Martin – dono dos hits …Baby One More Time, Oops!… I Did It Again, entre outros da carreira da cantora – e tem colaborações de outros produtores, inclusive duas composições de Lady Gaga – o alter ego da vez de Christina Aguilera (brincadeirinha).

Além disso, parece que Spears está bem disposta a fazer a divulgação desse CD dar certo, ao contrário do que fez com Blackout, em tempos de reabilitação. A agenda dela já está começando a lotar: Dia 20 de novembro, ela tem um encontro com os fãs promovido pela MTV, para um especial – que acredita-se que vão passar antes do documentário, no dia 30. Dia 28 desse mês ainda, a cantora tem uma participação numa rádio frances e foi confirmada também uma performance no Star Academy, um programa francês, meio no formato do Fama, daqui.

Dia 30, na MTV irá ao ar o documentário Britney: For The Record – que o Sony Entertainment Television prometeu passar aqui no Brasil, já no dia seguinte, legendado. Dia 02, dia do lançamento do CD, Britney irá se apresentar no Good Morning America – rumores dão conta de que serão apresentadas 3 músicas: Womanizer, Circus e Piece of Me.

E, finalmente no dia 03, haverá uma performance no Rockfeller Center, em que irão acender a árvore de Natal. Mas isso não é tudo. Ainda está para ser confirmada uma performance no X-Factor, no dia 29 de novembro.

Parece que Britney vai ter muito trabalho pela frente. Mas, de acordo com as fotos que seu site oficial vem divulgando, parece que ela tem se dedicado bastante para fazer seu comeback melhor do que nunca.

Mas enfim. Como o foco é o CD, comentemos sobre o CD. O Estadão publicou uma crítica dizendo que Britney Spears provou, com Circus, que é relevante para o pop sim. Eu concordo, não só porque sou fã, mas pela qualidade de seu novo trabalho.

Para ler a crítica faixa a faixa, baixar o CD, e ver as letras das músicas, clique em Leia Mais…

Continuar lendo

Anúncios

Light On

Muita gente não sabe nem quem é, mas David Cook foi o vencedor da sétima temporada do American Idol. Principalmente por se mostrar um artista tão versátil com suas versões, geralmente em rock, de músicas famosíssimas.

Frequentemente elogiado por Randy Jackson, Paula Abdul e Simon Cowell, os jurados do programa, Cook já se mostrava uma aposta certa para vencer o programa. Dito e feito, na final, contra David Archuleta, Cook se tornou o novo American Idol.

Seu álbum de estréia será lançado no dia 18 de novembro. Acontece que seu tão esperado primeiro single não atendeu tão bem às expectativas. Parece que David era muito melhor com suas versões, que eram desde Dolly Parton até Mariah Carey, do que com sua própria música. Infelizmente, não se sabe se a música é de sua própria autoria ou de autoria dos compositores do programa (pouco se sabe de como funcionam as coisas dentro do programa).

A voz que consagrou Cook está perfeita. A melodia um pouco triste, segue a mesma linha do seu primeiro single The Time Of My Life. Na verdade, a música divide opiniões. Os fãs amaram, agora é difícil falar se gostamos ouvindo pela primeira vez. É meio estranha. Seria uma música legal para ficar no CD, mas se tem dúvidas se ela fará bem como single.

A faixa está bem longe do Top 50 da Billboard, perdendo inclusive para seu “rival” do programa, David Archuleta, que, esta semana, está na 20ª posição.

Para baixar a música e tirar suas próprias conclusões, ver a letra da música, clipe, e ver algumas versões de Cook no American Idol, clique em Leia Mais…

Continuar lendo